Scielo RSS <![CDATA[Cadernos de Pesquisa]]> http://educa.fcc.org.br/rss.php?pid=0100-157419900004&lang=pt vol. num. 75 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://educa.fcc.org.br/img/en/fbpelogp.gif http://educa.fcc.org.br <![CDATA[Alfabetização e educação básica no Brasil]]> http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741990000400001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Numa perspectiva que considera a educação no contexto social, apresentam-se as taxas de analfabetismo no país até 1987, com suas gritantes diferenças regionais, a partir de fontes diversas (PNADs, dados do MEC e da UNICEF). Essas taxas estão associadas ao atendimento das redes de ensino básico cuja expansão quantitativa, notável nas décadas de 40e 50, mostra tendência declinante na última década. Apesar disso, o grande desafio atual não é o do acesso à escola, mas o da permanência nela; e, quanto ao contingente de adultos analfabetos, a sociedade não se tem mostrado capaz de incorporá-los à cultura letrada. A taxa de 21% de analfabetos de 15 anos e mais não é disfuncional em relação à organização sócio-política do país, mas corresponde de forma inequívoca ao modelo de desenvolvimento adotado até hoje. Erradicar o analfabetismo e o semi-analfabetismo impõe-se como uma revolução necessária na política educacional, para a qual são imprescindíveis a vontade política e a mobilização da sociedade.<hr/>Viewing education in the broader social context, the paper presents illiteracy rates in Brazil until 1987, with their striking regional differences, based on various sources (from official PNADs - National Home Sample Surveys - the Ministry of Education and UNICEF). These rates are linked to the kind of schooling provided by the educational network, of which there was a remarkable expansion in the 40's and 50's, but which shows a declining trend in the last decade. Nevertheless, present major challenge is not access to school, but permanence in it; as to the great numbers of illiterate adults, society has not been able to incorporate them to literate culture. Illiteracy of 21% among the 15-year old and over is not, however, disfunctional in regard to the country's socio-political organization, but is unmistakably linked to the model of development adopted today. To eliminate illiteracy and semi-illiteracy appears then as a necessary revolution in educational practice, to which society's political will and mobilization are indispensable. <![CDATA[Um saber sem escrita: visão de mundo do analfabeto]]> http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741990000400002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A sociedade complexa, em sua diversidade cultural, é fundada na leitura e escrita. Para aprender como o analfabeto se situa nessa sociedade, a pesquisa acompanhou, durante dois anos, dez adultos analfabetos de condições diversas quanto à escolarização, atividade, crença religiosa e sexo, residentes em Porto Alegre (RS), através do convívio e da análise de seus depoimentos e histórias de vida. Seus valores e atitudes no trabalho, nas relações com posse de propriedade, sucessão hereditária, os direitos de cidadão ou compromissos comerciais, assim como sua visão da escola e sua adesão e crenças religiosas baseadas na palavra escrita da Bíblia permitem apreender como, numa vivência conduzida pela oralidade, podem ser percorridos os espaços sociais construídos e regidos pela cultura letrada. A visão de mundo do analfabeto decorre de sua convivência com o mundo da escrita, do qual participa e no qual faz emergirem as incoerências e conflitos.<hr/>Complex society with its cultural diversity is founded on reading and writing. In order to understand how illiterate people view themselves in this society, the research has followed ten illiterate adults of different occupations, religiousness and sex, living in Porto Alegre (RS). Close2-year contact and the analysis of their speeches and life histories allowed to assess their values and attitudes toward work and situations involving property ownership, inheritage, civil rights or commercial commitments, as well as their views on schooling and their religious beliefs, in the case of two protestants whose beliefs are based on Bible's written word. It is them possible to see how social space built and ruled by literate culture is experienced through orality. The illiterate's vision of world draws on this experience of the literate world in which he or she takes part and from which they make clearly arouse incoherence and conflicts. <![CDATA[Acesso ao mundo da escrita: os caminhos paralelos de Luria e Ferreiro]]> http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741990000400003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Evocando inicialmente as semelhanças e contrastes entre os achados de Piaget e Vygotsky, o artigo estabelece um paralelo entre as buscas, a metodologia e as propostas do psicólogo soviético Alexandr Luria, na década de 20, e as da pesquisadora argentina Emilia Ferreiro, na década de 70, evidenciando a proximidade - apesar da defasagem no tempo e espaço - destas investigações sobre "a pré-história da escrita".<hr/>After evoking the resemblances and contrasts between the findings of Piaget and Vygotsky, the article compares the searches, methods and proposals of Soviet psychologist Alexandr Luria in the 20's and those of Argentinian researcher Emilia Ferreiro, in the 70's, showing the parallelism -in spite of the time and space gap between them - in their investigation of "pre-history of writing". <![CDATA[Cartilhas: um mundo de personagens sem texto e sem história]]> http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741990000400004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O trabalho apresenta uma proposta para o estudo do discurso da alfabetização, por meio da análise de oito cartilhas, usadas em São Paulo no período compreendido entre 1930 e 1970. As idéias de Benveniste e Pêcheux orientaram a análise do texto, considerando-se as relações de pessoa nele estabelecidas. O discurso das cartilhas revela-se como um discurso da "não pessoa", em que é limitado o espaço para a interlocução. O exame de diferentes edições de uma mesma cartilha demonstra que não ocorrem, nas cartilhas, ao longo do tempo, mudanças significativas, a não ser em sua apresentação gráfica.<hr/>A proposal is presented for the analysis of the discourse in the teaching of reading and writing through the study of eight primers used in São Paulo from 1930 to 1970. The ideas of Benveniste and Pêcheux have guided the text analysis on forms of language manipulation, considering its organization. An impersonal discourse is revealed, of whichthe essential feature is the use of the "non-person". Significant changes can not be observed in the primers through the years, except for the graphic presentation. <![CDATA[Uma escolinha de saber miúdo]]> http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741990000400005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O artigo visa descrever e analisar como se dá, por parte dos alunos de uma escola rural do Piauí, a construção do sistema alfabético de representação da língua escrita. Valendo-se da concepção teórica de Emilia Ferreiro e utilizando procedimentos semelhantes, os resultados apontam que, para alcançar o nível alfabético, as crianças precisam de alguns anos; isso se explica não só por fatores estruturais, como também, e sobretudo, por fatores internos à própria escola rural, notadamente pelas dificuldades da professora leiga em atuar como mediadora do conhecimento na relação ensino-aprendizagem.<hr/>The aim of this article is to describe and analyze how students of an isolated rural school in Piauí (Northeast of Brazil) construct the alphabetical system of written representation. Based on the theoretical conceptions of Emilia Ferreiro, the procedures used were similar to those adopted by her. Results point to the fact that it takes the students a few years to reach the alphabetical level in writing. Reasons for such may be found not only in structural factors, but mainly in school dynamics itself. Emphasis is given to the difficulties felt by the unqualified teacher to promote literacy. <![CDATA[Ciclo básico: uma proposta vista pelas professoras]]> http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741990000400006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A proposta de instituir o Ciclo Básico envolvendo as antigas 1ª e 2ª séries do 1º grau na rede pública do Estado de São Paulo, a partir de 1984, enfrentou resistências e questionamentos nos meios educacionais. O acompanhamento da implantação do Ciclo Básico em quatro escolas de Taubaté (SP), apoiado especialmente nos depoimentos das 23 professoras envolvidas, permitiu identificar vantagens, desvantagens e falhas da proposta. A análise indica que, embora a proposta pedagógica do Ciclo Básico não tenha sido capaz de proporcionar melhoria sensível no trabalho docente a curto prazo, produziu efeitos importantes ao evidenciar, para os educadores, a responsabilidade da escola no fracasso escolar, abrindo espaço para novos enfoques da atuação e da alfabetização na escola pública.<hr/>The State of São Paulo has launched, since 1984, the Basic Cycle program for the two first years of State elementary schools, emininating the achievement barrier at the end of 1st grade; the project has faced skepticism and resistances among educators. The present study has followed theimplementation of the program in four public schools in Taubaté (SP), mostly through the speech of 23 teachers involved, bringing forth evidence on program advantages, disadvantages and failings. The analysis shows that the pedagogic proposal implicit in the program has not brought noticeable improvement in teaching in the short run; but it was effective in unveilling to educators the school's share of responsibility in school failure, thus making room for new approaches to literacy and teaching in the public school. <![CDATA[A construção do papel do professor: uma experiência com alfabetizadoras]]> http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741990000400007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Diante da precariedade da situação educacional do país, sobre que bases pode ser construída a identidade do papel de professor? Apoiando-se principalmente na teoria da ação comunicativa de Habermas - onde a identidade se constrói na interação com o outro, e onde o papel profissional é central a essa construção - o artigo analisa depoimentos e relatos de um grupo de nove professoras alfabetizadoras em escolas públicas da Grande São Paulo, buscando responder àquela questão. A análise sugere a necessidade de que professores, transcendendo a esfera do privado, construam uma identidade na interação com seus pares. Insiste-se, pois, na importância da formação de grupos para interação de professores, em escolas onde a direção e a coordenação pedagógica assumam, conjuntamente, um compromisso com um projeto educacional para sua clientela.<hr/>On which basis can teacher's role identity be constructed, considering the scarce conditions of Brazilian public education? Mostly based upon Habermas's theory of communicative action - where identity is constructed in the interaction with the other, and where the professional role is central to this construction - the article seeks to answer that question through the analysis of speeches and reports by a group of nine schoolteachers from public schools in Great São Paulo. The analysis points to the need of teachers' overcoming the private sphere and constructing an identity in interaction with their peers. It is thus stressed that interaction groups of teachers be formed in schools where headmaster and coordinators engage in a true commitment to the education of their students. <![CDATA[L'école primaire au quotidien]]> http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741990000400008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Diante da precariedade da situação educacional do país, sobre que bases pode ser construída a identidade do papel de professor? Apoiando-se principalmente na teoria da ação comunicativa de Habermas - onde a identidade se constrói na interação com o outro, e onde o papel profissional é central a essa construção - o artigo analisa depoimentos e relatos de um grupo de nove professoras alfabetizadoras em escolas públicas da Grande São Paulo, buscando responder àquela questão. A análise sugere a necessidade de que professores, transcendendo a esfera do privado, construam uma identidade na interação com seus pares. Insiste-se, pois, na importância da formação de grupos para interação de professores, em escolas onde a direção e a coordenação pedagógica assumam, conjuntamente, um compromisso com um projeto educacional para sua clientela.<hr/>On which basis can teacher's role identity be constructed, considering the scarce conditions of Brazilian public education? Mostly based upon Habermas's theory of communicative action - where identity is constructed in the interaction with the other, and where the professional role is central to this construction - the article seeks to answer that question through the analysis of speeches and reports by a group of nine schoolteachers from public schools in Great São Paulo. The analysis points to the need of teachers' overcoming the private sphere and constructing an identity in interaction with their peers. It is thus stressed that interaction groups of teachers be formed in schools where headmaster and coordinators engage in a true commitment to the education of their students. <![CDATA[Reflexões sobre o ensino da leitura e da escrita]]> http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741990000400009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Diante da precariedade da situação educacional do país, sobre que bases pode ser construída a identidade do papel de professor? Apoiando-se principalmente na teoria da ação comunicativa de Habermas - onde a identidade se constrói na interação com o outro, e onde o papel profissional é central a essa construção - o artigo analisa depoimentos e relatos de um grupo de nove professoras alfabetizadoras em escolas públicas da Grande São Paulo, buscando responder àquela questão. A análise sugere a necessidade de que professores, transcendendo a esfera do privado, construam uma identidade na interação com seus pares. Insiste-se, pois, na importância da formação de grupos para interação de professores, em escolas onde a direção e a coordenação pedagógica assumam, conjuntamente, um compromisso com um projeto educacional para sua clientela.<hr/>On which basis can teacher's role identity be constructed, considering the scarce conditions of Brazilian public education? Mostly based upon Habermas's theory of communicative action - where identity is constructed in the interaction with the other, and where the professional role is central to this construction - the article seeks to answer that question through the analysis of speeches and reports by a group of nine schoolteachers from public schools in Great São Paulo. The analysis points to the need of teachers' overcoming the private sphere and constructing an identity in interaction with their peers. It is thus stressed that interaction groups of teachers be formed in schools where headmaster and coordinators engage in a true commitment to the education of their students. <link>http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741990000400010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt</link> <description>Diante da precariedade da situação educacional do país, sobre que bases pode ser construída a identidade do papel de professor? Apoiando-se principalmente na teoria da ação comunicativa de Habermas - onde a identidade se constrói na interação com o outro, e onde o papel profissional é central a essa construção - o artigo analisa depoimentos e relatos de um grupo de nove professoras alfabetizadoras em escolas públicas da Grande São Paulo, buscando responder àquela questão. A análise sugere a necessidade de que professores, transcendendo a esfera do privado, construam uma identidade na interação com seus pares. Insiste-se, pois, na importância da formação de grupos para interação de professores, em escolas onde a direção e a coordenação pedagógica assumam, conjuntamente, um compromisso com um projeto educacional para sua clientela.<hr/>On which basis can teacher's role identity be constructed, considering the scarce conditions of Brazilian public education? Mostly based upon Habermas's theory of communicative action - where identity is constructed in the interaction with the other, and where the professional role is central to this construction - the article seeks to answer that question through the analysis of speeches and reports by a group of nine schoolteachers from public schools in Great São Paulo. The analysis points to the need of teachers' overcoming the private sphere and constructing an identity in interaction with their peers. It is thus stressed that interaction groups of teachers be formed in schools where headmaster and coordinators engage in a true commitment to the education of their students.</description> </item> </channel> </rss> <!--transformed by PHP 08:07:16 21-07-2024-->